Formação inicial e continuada de professores: o múltiplo e o complexo das práticas educativas

Autores

Adair Vieira Gonçalves, Org.
Universidade Federal da Grande Dourados
https://orcid.org/0000-0003-4998-9692
Maria Rosa Petroni, Org.
Universidade Federal de Mato Grosso

Sinopse

Este volume traz reflexões importantes sobre a formação docente no quadro geral da educação brasileira. Por um lado, discutem-se as bases da formação inicial; por outro, as propostas de formação continuada. Atrelado a esse tópico está o processo de ensino-aprendizagem de leitura e escrita, símbolo de uma “crise educacional” ainda não superada. Nas últimas décadas, um movimento cada vez mais forte estabeleceu-se para minimizar o problema e tentar “devolver a palavra ao aluno”, para que se tornasse sujeito de seu discurso. Um conceito comum em todo o livro é o de interação, perspectiva que permite ao professor e ao aluno colocarem em prática o “princípio dialógico da linguagem” no processo de ensino.

1ª edição esgotada.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Adair Vieira Gonçalves, Org., Universidade Federal da Grande Dourados

Possui graduação em Curso de Licenciatura em Letras - Faculdades Toledo de Araçatuba (1990), mestrado em Filologia e Linguística Portuguesa pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (2002) , Doutorado em Linguística e Língua Portuguesa pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho/UNESP (2007), com estágio sanduíche em Didática de Língua Materna na Faculté de Psychologie et Sciences de lEducation (FAPSE), da Université de Genève (UNIGE), Suíça, sob a direção do Prof. Dr. Joaquim Dolz. Atualmente é professor associado da Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD), atuando no Programa de Pós-graduação em letras da UFGD e no Programa de Pós-graduação em Letras- Ensino de Língua e de Literatura da Universidade Federal do Tocantins- campus de Araguaína, e pesquisador nível 2 do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Tem experiência na área de Linguística, com ênfase em Linguística Aplicada, e atua nos temas: ensino-aprendizagem de Língua Portuguesa , formação de professor de Língua Portuguesa na abordagem da teoria enunciativa de Bakhtin e dos gêneros do discurso e na vertente do interacionismo sociodiscursivo.

Maria Rosa Petroni, Org., Universidade Federal de Mato Grosso

Possui graduação em Licenciatura Plena em Letras pela Universidade Federal de Mato Grosso (1983), mestrado em Lingüística pela Universidade Estadual de Campinas (1994) e doutorado em Linguística pela Universidade de São Paulo (2002). Atualmente é professora associada aposentada da Universidade Federal de Mato Grosso, tendo atuado no Curso de Letras e no Mestrado em Estudos de Linguagem - MeEL. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Língua Portuguesa, atuando principalmente nos seguintes temas: leitura, produção escrita e formação docente. Foi coordenadora do grupo de pesquisa PRALÍNGUA, tendo desenvolvido o projeto intitulado PRÁTICAS DE LINGUAGEM NO ENSINO BÁSICO: A FORMAÇÃO INICIAL E CONTINUADA DO PROFESSOR DE LÍNGUA PORTUGUESA. Coordenou a Revista Acadêmica BOCA DA TRIBO, editada por alunos do Curso de Letras/UFMT, em versão online. Atua como revisora de textos.

Capa para Formação inicial e continuada de professores: o múltiplo e o complexo das práticas educativas
Publicado
dezembro 31, 2012
Categorias

Detalhes sobre essa publicação

ISBN-13 (15)
978-85-61228-88-0
Date of first publication (11)
2012