Augusto Meyer proustiano: a reinvenção memorialística do eu

Autores

Paulo Bungart Neto
Universidade Federal da Grande Dourados

Sinopse

Augusto Meyer e Marcel Proust... o que teriam em comum o poeta gaúcho e o romancista francês? As respostas são inúmeras e se encontram neste livro: a força catártica da memória involuntária; a recorrência ao passado; a alusão ao tempo e aos espaços perdidos e reencontrados, dentre outros fatores que certamente chamarão a atenção do leitor sensível aos apelos da autobiografia e da reconstituição lírica da infância. O leitor adentrará o universo mágico dos tempos e espaços da memória do escritor gaúcho Augusto Meyer, um dos mais importantes poetas e ensaístas do modernismo brasileiro. Compreenderá também de que maneira a obra Em busca do tempo perdido, de Marcel Proust, contribuiu decisivamente para a consolidação de uma forte tendência voltada ao memorialismo e à exploração de aspectos testemunhais e autorreferenciais na literatura brasileira dos séculos XX e XXI.

Preço: R$ 40,00

___________________________________________________________________

Como comprar?

Para adquirir o livro impresso, envie para o                                                             e-mail editora.livros@ufgd.edu.br as seguintes informações:

Dados do Comprador:

  • Nome/Razão Social:
  • CNPJ/CPF:
  • Inscrição Estadual (se Pessoa Jurídica):
  • Endereço completo para entrega:
  • Telefone:
  • E-mail:
  • Responsável pelo pedido:

Detalhamento do Pedido:

  • Título da obra:
  • Quantidade:

___________________________________________________________________

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Paulo Bungart Neto, Universidade Federal da Grande Dourados

Possui Graduação em Letras (Bacharelado - Português) pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP, 1996), Mestrado em Letras (Teoria Literária e Literatura Comparada) pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, campus de Assis (UNESP, 2002), Doutorado em Letras (Literatura Comparada) pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS, 2007), e Pós-Doutorado em Estudos Literários (com ênfase nas memórias da literatura brasileira contemporânea) pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG, 2013-2014). Atualmente, é Coordenador do Programa de Pós-Graduação em Letras e Professor Associado II em Teoria da Literatura e Literatura Comparada: Crítica literária e cultural, na Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD), atuando na Graduação e no Programa de Mestrado em Letras da instituição, como professor permanente, na área de Literatura e Práticas Culturais. É membro do Grupo de Trabalho (GT) de Literatura Comparada da Associação Nacional de Pós-Graduação em Letras e Lingúística (ANPOLL). Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Teoria Literária, Crítica Literária e Literatura Comparada, atuando principalmente nos seguintes temas: teoria e crítica literária, Literatura Comparada, memorialística modernista e contemporânea brasileira, literatura brasileira contemporânea, autoficção brasileira, obras sobre a ditadura militar no Brasil e na América Latina, obras de: Augusto Meyer, Machado de Assis e Marcel Proust.

Capa para Augusto Meyer proustiano: a reinvenção memorialística do eu
Publicado
dezembro 31, 2014

Detalhes sobre essa publicação

ISBN-13 (15)
978-85-8147-096-2
Co-publisher's ISBN-13 (24)
978-85-7613-483-1
Publication date (01)
2014
Dimensões físicas
14cmx21cm